10 coisas pelas quais você não tem que pedir desculpas

Você decide se separar de seu parceiro. Farta das constantes brigas por nada, do sexo sonolento do qual é melhor ver uma novela, e da perda de esperança, que depois de muitos anos de tentativas infrutíferas, acabou por ser inútil – você pediu o divórcio. Apesar das dificuldades que a esperam, você sente um grande alívio e satisfação porque, por fim, você fez algo para si mesma. Seria ainda melhor se sua mãe simplesmente colaborasse não fazendo, em todas as ocasiões possíveis, as mesmas perguntas que você tanto odeia: “E como você vai lidar com tudo isso sozinha? E agora, como você vai encontrar alguém que a queira?” Entretanto, a maior dor vem das lembranças que ela traz sobre o sofrimento possível do filho que deveria ter um pai independentemente do fato de como ele é. Você está segura que quer pedir desculpas a sua mãe?

Você decidiu ficar com sua parceira apesar do fato que ela o traiu. Ela quebrou o acordo mútuo, não cumpriu a promessa dela, ela arriscou a vida boa de vocês e um futuro ainda melhor. Você a perdoou porque sua autoestima é muito mais forte do que a de seus amigos que, entre a segunda e a terceira cerveja, dizem que não seriam capazes de viver como “cornos”. Eles não entendem sua sensibilidade, chamam isso de fraqueza, e chamam a fé em outras pessoas de simplória. Para eles o indicador de ser forte é abandonar a mulher, enquanto para você o é ficar com ela. Você ainda quer explicar-lhes algo?

Há muito mais padrões culturais invisíveis que fazem com que as pessoas se sintam culpadas. Ao conhecê-los você não tem de bater no peito e repetir como mantra: mea culpa. Você finalmente pode ser do jeito que você quer ser. Eis as 10 coisas pelas quais você não tem que pedir desculpas:

desculpas

1. Você não tem que pedir desculpas por realizar seus sonhos

Você acabou de voltar das férias na Tailândia e está fascinado. Você se apaixonou pelas pessoas sorridentes e prestativas. Pela cozinha única. Pelo sol que bronzeou a sua pele quando você estava deitado na praia bebendo água de coco. Você conta sobre tudo isso aos colegas do trabalho, mas eles não mostram tanto interesse em tudo isso como você. Um deles inclusive olha para o relógio. Outro diz que na costa do mar Báltico também se pode encontrar praias semelhantes e a cozinha é ainda melhor, porque é mais fácil de distinguir o que se come. Também, aparece algum comentário irônico e você fica triste porque pensa que eles acharam que você queria os humilhar com essa história. E você já quase está prestes a fingir que concorda com eles que Tailândia não é tão fantástica, mas, de repente, você para e pensa: diminuir-me elevará os outros? Depois você sorri e diz: Tenho uma coisa mais para contar para vocês…

2. Você não tem que pedir desculpas por suas opiniões

Você sofre quando vê o tratamento desumano dos animais que são transformados em alimentos e, portanto, você é um vegetariano. Você está mais atento na sexta-feira 13 e não quer ouvir que não há estudos que comprovem o azar desse dia. Você vota em um partido diferente do que o resto da família o que irrita a todos. Inclusive, você diz coisas boas sobre os políticos e as mudanças que acontecem no país, o que eles não são capazes de entender. Eles acham que, quando alguém se opõe às opiniões deles, está errado. Você acha que quando alguém tem uma opinião diferente significa que…. tem uma opinião diferente. Embora, muitas vezes, você teve problemas e ganhou inimigos por causa de suas opiniões ou você surpreendeu aos amigos por ter mudado de repente de opinião, apesar de tudo isso, você não quer pedir desculpas. Porque você não pede desculpas por ser você.

3. Você não tem que pedir desculpas por gostar de sexo

Ultimamente você tem visto no seu canal favorito algumas dicas para apimentar e melhorar sua performance como amante, pensar e relembrá-las faz com que você já sinta calor. Agora resta apenas encontrar um candidato adequado, com o qual você explorará com delícia essas figuras incompreensíveis. Talvez no carro? Não é um fruto proibido, é apenas um fruto que você come quando tem apetite. Isso não é imoral, como têm dito os religiosos que oficialmente não conhecem o tema. Isso não é uma perversão, mas uma hipocrisia dos tempos passados. Isso é simplesmente sua sexualidade, uma atitude aberta a aprender sobre si mesmo e você não tem de pedir desculpas a ninguém por gostar de sexo.

4. Você não tem que pedir desculpas por se tornar rico

O assunto dinheiro geralmente é um tema tabu. 50% das pessoas têm vergonha de falar sobre o dinheiro. 20% acredita que os ricos são ladrões. No entanto, estas afirmações já não têm nada em comum com você. Agora você já sabe que o dinheiro não traz felicidade apenas aos que já o têm. Que um rico não tem que roubar e que pode ser uma pessoa inteligente e boa. Que com o dinheiro você pode resolver a maioria dos problemas da vida, conhecer o mundo e realizar os sonhos. Que “todos deveriam ter o mesmo” não é prático porque as diferenças entre as pessoas são também marcadas pelo nível de motivação ou inteligência. Que a maioria das pessoas após receber uma coisa que não deveria ter recebido, provavelmente vai desperdiçá-la. Você não tem que pedir desculpas por ser rico.

5. Você não tem que pedir desculpas por se ter divorciado

No Brasil, aproximadamente 30% dos casamentos terminaram em divórcio, na Polônia 40%, na Bélgica são 70%. Embora os belgas se divorciem mais do que brasileiros e poloneses, eles não se preocupam com esse fato tanto como os brasileiros e poloneses que consideram o divórcio como um grande fracasso na vida. Apesar do fato de que tal relação pode ser inteiramente tóxica. Apesar do fato de que o pai ganhou essa função somente graças à biologia e não porque cumpria com todas as responsabilidades dele. Apesar de o conceito de “viveram felizes para sempre” pertencer mais ao mundo dos filmes animados de Disney que ao mundo real, uma parcela das pessoas tem um sentimento de culpa por ter acabado com o relacionamento. Contudo, tampouco neste caso você tem de pedir desculpas – o divórcio pode ser um sucesso maior na vida do que um casamento concluído por motivos negativos ou do que permanecer em uma relação na qual já não se pertence emocionalmente.

6. Você não tem que pedir desculpas por ter algo que os outros não têm

Essa mulher linda que está tão apaixonada por você. Esse trabalho criativo que ainda por cima é bem remunerado. Essa roupa de luxo comprada por preço normal sem descontos. A aparência ótima e o abdômen muito sexy. E, ainda por cima, o reconhecimento de outras pessoas. Você é uma inspiração positiva para os outros, não é? Oh, quão rápido você aprendeu que o que irrita mais aos outros é mostrar-lhes o que poderiam ter, porque é isso, o que os lembra do fato que não fizeram nada para alcançá-lo. E você sabe o quê? Tampouco tem de pedir desculpas por isso. Você pode desfrutar dos frutos de sua inteligência.

7. Você não tem que pedir desculpas por não querer estar com algumas pessoas

Você conhece esse sinal fingido de assentir com a cabeça durante as conversas amistosas que não lhe interessam nada? O fato de falar forçadamente sobre as coisas que não têm nada em comum com seus interesses? Você reparou que quando está com algumas pessoas, infelizmente, começa a comportar-se como elas? Você já conheceu o sentimento de desconforto consigo mesmo quando fingia ser alguém que você não era? Por que você continua essa relação artificial com eles? É o sentimento de culpa que faz com que você encontre mil razões por que deveria continuar: porque são da família, porque são velhos amigos, porque assim se deve fazer. Porque… um momento…você não tem de pedir desculpas por se relacionar com as pessoas que lhe rodeiam. Foi uma escolha sua.

8. Você não tem que pedir desculpas por algo que você não sabe

Durante uma conversa entre um polonês e um norte-americano, de repente, verifica-se que o segundo não sabe onde fica a Polônia. Não se preocupe com isso, porque seu sentimento de autoestima se apoia em seus valores – já que ele consegue ganhar um bom dinheiro e a vida dele funciona bem, por que precisa ter conhecimentos que não necessita? Tal como o conhecimento de várias ciências pode ser útil, os conhecimentos exagerados e pouco práticos servem mais para se gabar do que para resolver os problemas reais da vida. Você não tem de conhecer os tempos verbais do inglês, mas deve saber como perguntar pelas direções. Você não precisa ter um vasto conhecimento de história da economia, mas deve saber como ganhar mais dinheiro. E se você reparar que não sabe alguma coisa, em vez de sentir vergonha, pense se de verdade quer saber sobre esse assunto. Não saber também está OK.

9. Você não tem que pedir desculpas por seu passado

Então, algum tempo atrás, você fez uma estupidez. Você feriu alguém, magoou-o, fez uma tolice. Você costumava vestir-se de tal forma que hoje, somente ao pensá-lo, sente vergonha ou dizia coisas que agora gostaria que nunca fossem ditas. Contudo, se todas essas coisas não existissem, você não seria a pessoa que você é agora. Você não entenderia o mundo como o entende agora. Você não saberia o que sabe agora. E é bom ser você agora, não é? O passado afronta somente as pessoas que não sabem que antes de conhecer um príncipe sempre é necessário beijar vários sapos, bem como antes de aprender a andar sempre é necessário cair muitas vezes. Você era quem era. Nunca peça desculpas por seu passado, esteja ciente que o passado fez de você a pessoa que você é hoje.

10. Você não tem que pedir desculpas por ser diferente

Você gostaria de ter cabelo verde e sabe que a maioria das pessoas na rua vai olhar para você. Você quer montar um negócio próprio apesar do fato de que todos seus amigos têm um trabalho fixo. Você quer viajar para o fim do mundo com o amor de sua vida, mas todos dizem para você que não é uma ideia racional. A maioria não o entende nem o aceita porque a maioria vive uma vida que alguém lhes tem construído e nunca se perguntam: quem eu quero ser? Como vou mudar o mundo? Por que sou especial? Não peça desculpas por ser diferente, em vez disso, lembre o que o criador da Apple, Steve Jobs falou sobre as pessoas como você:
“Isso é para os loucos. Os desajustados. Os rebeldes. Os que veem as coisas de forma diferente. Você pode discordar deles, glorificá-los ou difamá-los – mas não pode ignorá-los. Porque eles mudam o mundo e empurram a humanidade para frente. Enquanto alguns os veem como loucos, nós os vemos como gênios. Porque as pessoas que são loucas o suficiente para pensar que podem mudar o mundo, são as que, de fato, o mudam…”
Tudo isso se resume na coisa mais importante.
Não peça desculpas por ser quem você é.
Porque é isso, o que tem mais valor.


2107
-
100%
Rates : 1