Mergulhador sobrevive após ficar preso em boca de baleia

Reprodução/YouTube/NBCNews

O fotógrafo e mergulhador sul-africano Rainer Schimpf viveu momentos de tensão e escapou por pouco da morte após ficar preso na boca de uma baleia em Port Elizabeth.

“Eu estava filmando golfinhos, tubarões, pinguins e aves que se alimentam de sardinhas, quando uma baleia-de-bryde surgiu engolindo tudo em seu caminho”, contou o mergulhador Rainer Schimpf, de 51 anos, à AFP.

Schimpf disse ainda que sentiu uma pressão em sua cintura e logo percebeu que estava preso na boca da baleia. Sua mulher, Silke, e outro fotógrafo, viveram momentos de terror ao observar e documentar a cena (veja abaixo).

Nas imagens, é possível ver as pernas do mergulhador para fora. “Foi apenas uma questão de segundos para que a baleia percebesse seu erro e abrisse a boca para me cuspir”, relembrou à AFP.

As cenas viralizaram nas redes sociais. Apesar do grande susto, Schimpf continuou o seu trabalho. “Verifiquei que o equipamento estava ok e que eu não tinha nenhum osso quebrado. Estava tudo no lugar”, disse ele, que voltou a mergulhar. “Mesmo com adrenalina ao máximo, eu não queria perder essa sessão de mergulho e voltei para a água”, declarou.